Sobre a amizade

É abraço e fomento. Base e pilar. Puro entendimento. É construir sem estar só. Vigiar, desejar uma vida melhor. É soma, cresce, se ergue. Multiplicação.

Querer bem sem estar bem, ouvir quando se é surdo. Dar a mão quando esta está ferida. Mesmo na dor, ser alento. Mesmo na fome, dar de comer.

São dos raros que faço meu cartel. Não preciso de muitos, só preciso dos fortes. Um exército de poucos, mas vorazes. Nosso escudo é antes de fé do que de aço.

Não se procura o beija-flor, ele vem. É magnético, imã do que há de bom. Não os procure, virão. E, se partirem, é porque não mais te pertencem. Deixe que seja, mas não deixe de ser.

Amizade é, em toda forma, também amor. Não há homem que seja ilha. E os que o tentam são infelizes. Seja seu próprio amigo e atrairá o bem. Ame-se e será amado. Queira o melhor a si mesmo e o braço forte deles o ajudará.

A vocês, minha (nossa) muralha, obrigado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s