Ódio

No fim, aprendi que ódio não se combate com ódio. Não vou erguer meus punhos, não vou ao seu encontro com pedras nas mãos. Se perdi muito, ao menos vi que nada trazem o rancor e a raiva. Pois eu também estou machucado. Também fui ferido.

Mesmo com motivos, mesmo com razões e argumentos, aprendi a me calar. Deixarei o ódio – se é que devo cultivá-lo – para quem o merece. Deixarei os insultos, a violência, para outras causas. Ferir? Nunca mais. Ainda que eu esteja certo, nunca mais. A resiliência não vem de graça. Chorei, dia após dia, e em silêncio. Me debati, sozinho. Calei-me, todo esse tempo, e não por mim. Mas a recompensa é minha.

Não é preciso nenhuma religião, nenhum deus, nenhuma fé. Só quero me distanciar da dor que posso evitar, do sofrimento gratuito. Ora, a vida já nos tortura demais para procurarmos a aflição. Deixe que ela venha. Porque ela virá. E são pra esses momentos – os que não podemos evitar – que devemos guardar nossa ira. E transformá-la em vontade. E mudar.

Me dói que tudo se vá desta forma. Me dói que não haja palavras. Me dói que o ódio ainda lhe queime. Acredite: ele já ardeu aqui. E eu quase enlouqueci. Mas agora me levanto. Sem você, infelizmente, mas me levanto.

Um dia olhará para trás e verá que não foi indiferença, que foi apenas sensatez. Verá que não foi esquecimento, que foi apenas tolerância. Não mais devolverei pedras com tiros, tiros com mísseis. Ergo meu escudo, minha muralha. Até que cessem fogo e eu veja a branca bandeira tremular. Então abro minhas portas.

Guerras são feitas para serem vencidas. As guerras, não o inimigo. Elas só existem com um propósito: que não existam mais quando terminarem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s