Sobre a infância

Dias de alento, de terna alegria, de sorriso gratuito e leve. Lembro-me daquela casa onde todos morávamos, éramos grandes! O pequeno jardim, minha floresta. O pequeno gato, meu tigre. Cada cômodo, meu castelo. Era tempo de felicidade. Hoje, de saudade.

Os carros, os prédios, as árvores imponentes. Mundo de gigantes, de sons que eu não entendia, de livros que não lia. A televisão, as guerras, o jornal sobre a mesa iluminada pelo Sol da manhã. Nada era real, eu era livre. Inocência resplandescente, ainda incólume.

Nada me apagará o mar imenso, a espuma salgada, a areia molhada. O correr jovem de meus irmãos, o canto doce de minha mãe, as mãos de veias grossas de meu pai. Não levarão de mim os desenhos no vidro embaçado, o abraço apertado, o vento em cabelo embaraçado.

Que vertigem é olhar no abismo da memória! O que não daria para viver de ingenuidade uma vez mais! Doce passado ainda pulsante. Minhas mãos de menino, já manchadas de vermelho, tateando a vida. Meus olhos de menino, já tão negros, vendo apenas aquilo que me vestia de asas, que me fazia voar por sobre um mundo meu.

Amor maior é meu pequeno irmão, que posso ainda carregar em meus braços. Que prazer é ver, já adulto corrompido, sua alma nobre e sincera. Temo pelo sofrer que irá alcançá-lo, mas não há caminho que não o da dor. Aqui estou, contudo: mais um pilar que não deixará ruir bela torre que se ergue.

Ah, se sobre esta terra apinhada de ódio só caminhassem crianças! Puras, de pecado isentas, de bondade inatas! Deixaria toda a ciência e política pela verdadeira mocidade. Não farias o mesmo? Corpos tão miúdos, como podem carregar tanta beleza? Volta, minha infância! Volta, infância do mundo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s