Experimente: Vespas Mandarinas

Rock brasileiro sem rodeios, essa é a banda Vespas Mandarinas. Formada por integrantes de outras bandas já conhecidas do cenário do rock underground (ainda existe rock mainstream?) paulistano, as Vespas são: André Dea – baterista do Sugar Kane, Flávio Guarnieri – ex-baixista do Sugar Kane, Thadeu Meneghini – ex-Banzé, e Chuck Hipolitho – ex-Forgotten Boys e atualmente apresentador da MTV e produtor musical.

No dia 09 de abril de 2013 a banda lançou seu primeiro álbum completo: Animal Nacional. Já possuíam dois EPs lançados em 2010 (Da Doo Ron Ron) e em 2011 (Sasha Grey). Eu já havia ouvido alguns desses sons antigos, mas o novo álbum me surpreendeu demais, e positivamente.

Simples, direto e enérgico. Cheio de críticas e letras inteligentes. Que saudade de um rock honesto, que foge do óbvio, bem feito. Esse álbum cai como uma luva para os amantes do bom e velho (nem tanto) rock n’roll. Lembra muito o rock nacional da década de 80 e a nossa querida cidade de São Paulo que é gritada com amor e ódio em algumas letras.

Mais informações sobre a banda no site oficial: http://vespasmandarinas.com.br.

“Animal Nacional” começa com a faixa “Cobra de vidro”, que já havia sido lançada pela Banzé, antiga banda do vocalista Thadeu, e após, no primeiro EP das Vespas o “Da Doo Ron Ron”, e que acredito que está tocando bastante na rádio 89 atualmente. Segue o clipe da música que está disponível no canal das Vespas:

A próxima faixa é “Não sei o que fazer comigo” versão da música do grupo uruguaio El Cuarteto de Nos, “Ya no sé o qué hacer conmigo”. Simplesmente sensacional. Adaptação e letra fantásticas. Sem dúvida uma das melhores músicas que ouvi esse ano:

Já fui ético. Antipático. Fui poético. Fui fanático. Fui apático. Fui metódico. Sem-vergonha. Fui caótico”. (trecho da música)

Outra faixa que me chamou atenção “O vício e o verso”, anos 80 total!:

Agora, uma bem mais pesada; letra muito bem trabalhada. “O inimigo”:

Se eu fosse Deus, seria ateu.” (trecho da música)

“O herói devolvido”, a música mais diferente do álbum, um pouco menos pesada, mas criativa. Letra bem realista.

Tá todo mundo tão preocupado em ser perfeito. Mas no final o que faz falta é o defeito”. (trecho da música)

Versão ao vivo da mesma música gravada junto com a banda Vivendo do Ócio (que também é rock do bom)

Para não deixar de fora a produção mais antiga da banda, abaixo está a faixa “Sasha Grey” (ela mesma) do EP de mesmo nome de 2011 e a faixa “Livre demais” do EP de 2010.

Todos os sons das Vespas Mandarinas estão disponíveis no canal do YouTube e do Soundcloud, é só ouvir. Segue abaixo, também, algumas das músicas do “Animal Nacional” que mais gostei tocadas ao vivo no Estúdio Show Livre:

“A prova”

“Um homem sem qualidades”

“O inimigo”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s