Tempus regit actum

Eu não quero te despedaçar, eu não quero te desiludir. Não vou te amarrar, te amordaçar. Mas você não me dá opção. Você não se dá escolhas. Me use com o devido respeito.

Me guie em seu caminho. Não nos faça sofrer em vão. Saiba que eu sou apenas um. Saiba que eu não vou te perdoar!

Se sabe como eu ajo, por que não aprende? Como não me usa a nosso favor? Você já sabe como funciona. Até ontem, meu caro, nada sabíamos… Mas hoje, já sabemos o suficiente.

– A sua eficácia ultrapassa todas as barreiras. Tentamos e fingimos entendê-lo. Mas, na realidade, é ele que não nos entende.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s