Delinquentes!

E resistimos à normalização. Somos delinquentes aos olhos daqueles que se consideram justos e nobres. Vivemos à margem; seres excluídos pela própria vontade. Desencantamos o mundo: o resultado não agradou. Só nos resta elevarmos nossas crenças ao ponto de nos cegarmos. Cegos de sensibilidade treinada. Somos o cotidiano e o exótico. Delinquentes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s