Instante

Vieram me avisar que ela estava à minha espera, em frente à minha casa. Saí ao seu encontro, ansioso, esbaforido, trombando em tudo pela frente.

O dia estava lindo, o céu dourado tentava imitar a cor das folhas que despencavam das árvores. O vento trazia um perfume que não sei se vinha dela ou daquela tarde de outono.

E lá estava ela. Ao perceber que me fitava, subitamente tentei parecer calmo, levemente indiferente, como se não estivesse absurdamente feliz por vê-la.

Sentada no banco de madeira, nua da cintura para cima, ela tinha olhos faiscantes. Sua audácia era tão bela quanto seus seios rígidos. E eu, que já conhecia tão bem a ambos, me surpreendi com sua beleza. Como sempre.

Sem dizer palavra, sentei-me, saquei do bolso um canivete e a beijei. Mantivemos os olhos bem abertos e os lábios bem juntos enquanto eu abria um minúsculo corte em seu antebraço.

Assim que o sangue começou a deslizar, descolei minha boca da dela e beijei seu ferimento. Nos primeiros dias, eu relutei, mas ela implorou tanto e com tal fervor que passei a cortá-la em todos os encontros. E hoje o faço sem que ela peça.

“É a maior mostra de amor que me podes conceder”, disse, certa feita. “Não é no sexo que provas do meu verdadeiro gosto”.

Ergui os olhos, já se fora o sangramento. Encarei seu rosto, que era duro, rude, dir-se-ia até maldoso, e fui tomado de assalto por aquele sentimento que cega e elucida, que mata e faz viver: “Como amo esta menina!”, gritei calado.

Então, junto dela, a tarde de outono começou a se desvanecer. O dourado se acinzentou, a mão entrelaçada na minha se tornou pó. Só me restou o banco, onde continuei sentado observando a desolação, as cinzas que me cercavam.

Já não me ponho mais triste. Ela voltará, sempre volta. E então irei correndo ao seu encontro, ansioso, esbaforido, trombando em tudo pela frente. E ao perceber que me fita, subitamente tentarei parecer calmo, levemente indiferente, como se não estivesse absurdamente feliz por vê-la.

Preso num instante. O único do qual jamais quero me libertar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s