(Novo) Tempo

Peguei-me pensando em como medimos o tempo. “Já faz 3 anos que me formei na faculdade”. Ou então: “Já faz 7 anos que me formei no colégio”. E quando não nos voltamos para o passado, apontamos para o futuro: “Faltam-me 6 anos para os 30”. Ou ainda: “Onde quero estar aos 40?”.

Mas que olhos de águia, os nossos! Vemos sempre à distância, desenterramos fatos há muito idos ou então vislumbramos sonhos e promessas a serem cumpridas nos anos que virão. Mas e se eles não vierem? Ou se vierem tortos, tomados de intensa dor ou de absoluta felicidade? Manteremos os planos primeiros? Aqueles feitos de dias cinzas, de contra-cheques, de viagens parceladas, de contagens regressivas para os finais de semana, de self-services e de semáforos demorados?

Sabem como quero contar meu tempo? “Faz um minuto que te vi sorrir”. “Falta um segundo para eu te beijar”. “Quero estar ao seu lado esta noite”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s