Motivo(s)

Toda manhã, preciso encontrar um motivo para tirar o corpo pesado da cama. Não há que ser uma razão lá tão nobre, tampouco inspiradora, mas ela precisa estar ali.

Há dias em que penso apenas no Maker’s Mark que vou tomar ao chegar em casa. Noutros, lembro que tenho uma quest das mais cabeludas para terminar no Skyrim. Pequenezas, das mais miúdas mesmo, mas que me dão algum prazer depois de um expediente maçante.

Tem dias em que jogo minha motivação ainda mais pra frente. Penso no final de semana na praia, já me vejo ao volante, Rush rolando e cigarro queimando. E, com esse pensamento, consigo me enfiar numa roupa qualquer e atravessar a cidade para mais 8 horas.

É uma luta diária. Antes de terminar o banho, preciso ter arranjado algo em que me agarrar. Se nada consigo, nem uma miudeza qualquer, o desespero começa a tomar (o) corpo. Uma angústia, uma voz que repete, repete e repete: “Para quê?”.

Eu sei o que você dirá. E, de antemão, já concordo: se me falta sentido na vida que levo, cabe unicamente a mim revolucioná-la. É o que quero fazer, de fato. Mas não sei ao certo com o que darei início a essa revolução. E, até que saiba, vou me enganando com prazeres pequenos.

Na verdade, a receita em si é simples. Difícil é decidir os ingredientes. É necessário arrumar algo grande, que não se esgote na mesma noite, que requeira semanas, meses ou até anos de atenção e esmero.

Se houver, no horizonte, um mestrado, uma grande viagem, um novo apartamento, um novo amor… enfim, se houver o que seja sólido e se sustente na manhã seguinte, ela começará bem, sem necessidade de bengalas.

Acabo por concluir que a vida, aquela que realmente brilha, que vibra, é aquela construída fora do escritório. É por isso que tenho de “me justificar” todo tempo: o trabalho não basta. Na redação, faço meu pé de meia, junto trocados, rabisco planos. Mas só fora dela é que posso colocá-los em prática. E já passa da hora de abrir novamente meu caderninho e escrever os próximos passos. E que sejam grandes, como manda a receita.

Anúncios

2 comentários sobre “Motivo(s)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s